BLOG

materiais-ricos-6-formatos-que-vao-te-ajudar-a-conquistar-leads

Materiais ricos: 6 formatos que vão te ajudar a conquistar leads!

Materiais ricos são uma ótima forma de conquistar novos leads e consequentemente até mesmo novos clientes. Mas você sabe exatamente o que isso significa e como pode aplicar em seu negócio?

Primeiramente, precisamos entender o que são esses tipos de materiais. Basicamente, se tratam de diferentes formatos de conteúdo utilizados como isca dentro de páginas de captura de sites e landing pages, prontos para oferecer informações importantes, completas e profissionais, com foco em obter leads.

Por exemplo: quando você entra em um blog post qualquer e há uma chamada para baixar um e-book. O E-book, nesse caso, é um material rico, pois ele é extra tudo aquilo que já é oferecido gratuitamente.

Mas quais os benefícios de usar materiais ricos?

Através desses meios, você pode oferecer muita coisa aos usuários que acessam o seu site, mas os principais pontos, são a autoridade, valor e branding.

Afinal, quando uma empresa desenvolve um material rico de alta qualidade, ela mostra que tem autoridade e especialidade em determinado assunto, o que também a faz ser valorizada por quem baixou o material. Isso porque, ao receber ajuda, com as informações que buscava, os usuários sentem que entregar aquele contato valeu a pena.

Entretanto, lembre-se de uma coisa: não importa o que estiver oferecendo, o seu material rico precisa de conteúdo e qualidade.

Mas então, que tipo de materiais ricos você pode entregar?

materiais-ricos

1. E-book

Primeiramente, não podemos deixar de falar do melhor formato de material rico que pode ser feito: o e-book. Este livro digital, que pode ser montado ou na vertical, ou na horizontal, pode ter de 20 a 200 páginas, dependendo dos objetivos e do conteúdo.

Uma empresa especializada nisso, por exemplo, é a Rock Content. Não existe uma página de blog que você entre não apareça um CTA para um e-book (ou outros tipos de materiais ricos). São centenas de arquivos completíssimos que colaboram na jornada dos usuários dentro do funil de vendas.

Para construir um bom e-book, você precisa de: um bom tema, um bom texto e um bom visual. Assim, você deve passar por algumas etapas, como:

  • Geração e validação de ideias sobre o tema e a sua complexidade;
  • Muita pesquisa e documentação de informações;
  • Estruturação de um esqueleto inicial e separação de tópicos;
  • Escrita e revisão de texto;
  • Validação e construção da diagramação;
  • Análise e otimização;
  • Distribuição.

Enfim, um processo que vale a pena ser feito e que traz muitos resultados com o CTA certo.

2. Ferramentas (Toolkits)

O segundo tipo de material rico que é amplamente aceito e muito requisitado são as ferramentas (normalmente digitais, claro).

Este modelo de material possui muito daquilo que deve ser entregue aos usuários: ele busca ajudar na rotina complexa, facilitando as ações e melhorando processos. Você pode, por exemplo, criar ferramentas de gestão, processos, controle e muito mais.

O 99freelas, em outro exemplo, possui uma calculadora para freelancers que ajuda a montar o preço dos serviços. A Rock Content e a RD Station também possuem diversas ferramentas nessa linha, como planilhas, tabelas e calculadoras que colaboram para facilitar o dia a dia dos seus clientes.

3. Webinars

Em terceiro lugar na nossa lista de materiais ricos, temos os webinars, ou webinários (fale como quiser). Seguindo uma linha de conteúdo em vídeo, esse tipo de conteúdo normalmente é feito da mesma forma que eventos, palestras ou seminários, que buscam trazer profissionais especializados para falar de determinado assunto.

Em geral, as transmissões desses vídeos são feitos por plataformas de streaming, mas uma forma muito comum é o compartilhamento ao vivo no YouTube. Além disso, é possível utilizar, por exemplo:

  • Twitch
  • Skype
  • Facebook
  • Instagram Lives
  • LinkedIn Lives
  • YouTube
  • GoToWebinar
  • E muito mais!

Mas não importa o meio, todos os webinars seguem a mesma estratégia: oferecer proximidade da marca com o público e mostrar autoridade.

Caso você tenha ainda mais interesse em se conectar com o cliente, é possível, por exemplo, disponibilizar o webinar para o público depois ou então oferecer ferramentas de apoio ao que foi falado durante o webinar.

4. Guias

Outro tipo de material rico que gera ótimos resultados são os guias. Podendo ser elaborados em formato de e-book, vídeo ou até mesmo texto, os guias são composições que ajudam os usuários a chegarem a uma determinada conclusão.

Por exemplo, aqui na Hugz, nós já rodamos um Guia para tirar fotos profissionais para o seu crachá e um Guia de como agir nos stories, além de estarmos estruturando um Guia completo das redes sociais. Ou seja: estruturamos um guia ou manual com passo a passo para realizar uma ação: no caso, tirar fotos, usar as redes para o marketing e muito mais.

Esses guias devem colaborar com o cliente em algum aspecto, então, procure saber quais são as principais dúvidas que vão ajudá-lo a evoluir na jornada de compra.

5. Demonstrações ou degustações

Um tipo de material riquíssimo que também oferece grande valor para os usuários são as demonstrações ou degustações. Nesse tipo de situação, vemos, por exemplo, ferramentas digitais que disponibilizam planos gratuitos limitados, além de disponibilizarem possibilidades de visualização para que o usuário tenha aquele gostinho de “quero mais”.

Esse tipo de ação ajuda a conquistar o público através do interesse e do teste, trazendo assim, até mesmo clientes mais qualificados com o que a empresa está oferecendo, já que eles já sabem como funciona.

Outras empresas, da mesma forma, oferecem os “30 dias livres”, testes “sem compromisso” e muito mais! Mas lembre-se de não entregar o ouro! É apenas para instigar o interesse.

6. Infográficos

Um dos melhores recursos para quem quer montar materiais ricos é a identidade visual e a organização do design estratégico em cima deles. Os infográficos são um ótimo exemplo de como as imagens podem influenciar os usuários.

Você pode informar, atrair e até mesmo explicar determinado tema apenas utilizando um infográfico. Afinal, quando você usa esse tipo de ferramenta, torna tudo fácil de ser entendido, o que torna aquele conteúdo ainda mais valioso para quem o recebe. De preferência, coloque passo a passos, tópicos, jornadas ou processos visuais.

Chegou a hora de aplicar esses materiais ricos!

Por fim, esperamos que você tenha resolvido as suas dúvidas. Agora, é a sua vez de colocar seus materiais ricos para produção! Então, está preparado?

materiais-ricos-xx-formatos-que-vao-te-ajudar-a-conquistar-leads

Compartilhe:

EnglishGermanPortugueseSpanish